PEÇAS COM/SOBRE POLÍTICA

RESUMO: Amanda fugiu de casa e foi viver na cidade grande. Todo mundo tem comentado sobre a sua nova vida, cada um com seu julgamento pessoal sobre o caso. Frederico, mais conhecido como Freddy Krueger, padrasto e tutor da menina, guarda segredos sobre o acontecido. Um drama musical sobre as mazelas do machismo.
ASSUNTO: Feminismo/Abuso sexual/Aborto
PERSONAGENS: AMANDA, NENÊ, MIA, DUDU, FREDERICO, LIPA E LÉO.

RESUMO: Um cantor de sucesso é desbancado por três adolescentes no hit de maior sucesso do carnaval. A arte e o mercado possuem um caso de amor e ódio, mas não é drama feito novela. Um artefato mágico pode decidir o rumo da compreensão da grande questão da existência humana: o que é arte?
ASSUNTO: Arte
PERSONAGENS: LOMA, SIMONE, KAROL, GODART, REPÓRTER 1/FÃ 1, REPÓRTER 2/FÃ 2, REPÓRTER 3/FÃ 3, POETA FANTASMA E MERCADÃO.

RESUMO: Adaptado do texto "Liberdade, Liberdade" de Millôr Fernandes e Flávio Rangel. Atualização livre da obra com cenas inéditas.
ASSUNTO: Liberdade
PARA TRÊS OU MAIS ATORES.
RESUMO: Amigos de encontros, Esquerdalhão e Direitoso são dois palhaços aprendendo sobre as divergências dos seus lados políticos. Com humor e melodrama, Esquerdalhão e Direitoso discutem sobre o direito à justiça e a convivência em comunidade, com os formatos de sistemas possíveis; cada um com uma posição exageradamente definida e extremista, sempre pendendo para seus respectivos lados. 
ASSUNTO: Política
PERSONAGENS: Esquerdalhão e Direitoso
RESUMO: Nesse monólogo experimental/político/musical, um Fantasma discute o existencialismo artístico com um peixe e com o público. A peça faz reflexão sobre qualidade e gosto cultural, dando ênfase na dúvida do que é considerado culto e o que é considerado fútil pela sociedade.
ASSUNTO: Arte/Morte
PERSONAGENS: Fantasma e o Peixe (pode ser um ator/atriz ou não)
RESUMO: Um policial decide levar pra casa alguns bandidos jurados de morte. A liberdade, a morte ou ou o direito à sorte da vida na rua, são ditados pelo salvador com disciplina e musicalmente, à partir de agora. A bondade e a maldade decide o que o indivíduo merece? Racismo e imperfeições do ato de caridade do policial fazem o jovem Guilherme, recém salvo, duvidar da importância do recrutamento e criticar o sistema policial.
ASSUNTO: Bondade/Maldade/Polícia/Racismo
PERSONAGENS: Laércio, Guilherme, Anderson e Jonatas
RESUMO: O dinheiro é do patrão. A funcionária mulher recebe menos; é mãe solteira. O garoto estagiário é de berço de ouro, mas com segredos novelísticos. Competição empresarial, abuso sexual, golpes de classe e também golpes familiares, fazem a trama surrealista dessa rotineira e velha batalha entre o empregado e o empregador.
ASSUNTO: Dinheiro
PERSONAGENS: Sr. Rubens, Dominique e Ludmila
RESUMO: Um barco/comunidade dividida por muros e vidros. As pessoas podem se conhecer mesmo se forem de lados diferentes das opiniões, mas há uma burocracia, e deve haver certeza de que um casal possa mesmo conviver com pensamentos tão diferentes em assuntos básicos.
PERSONAGENS: Rebeca, Carlo, Dudu, Leona, Tereza, André, Aline, Capitão Venceslau.
ASSUNTO: Política/Romance
RESUMO: Os filhotes do lobo que morreu queimado na chaminé da clássica história dos três porquinhos buscam por justiça pela história do pai. Descobrir quem é o mocinho e quem é o vilão de uma história nem sempre é tão fácil assim.
PERSONAGENS: Cacau, Leau, Mingau, Colesterol e Papai Lobo Mau (vídeo ou sombra)
ASSUNTO: Bem e mal.
RESUMO: Nana gosta tanto de filmes de Super-Heróis como de filmes de Princesas, mas Claudinha acha isso um absurdo porque tem que ter coisas de menina e coisas de menino. Um dia Nana descobre que seu aparelho de DVD faz os personagens dos seus filmes prediletos virarem realidade, e a Elsa do filme Frozen e o Peter Parker do Homem-Aranha vêm ajudar a mostrar pra Claudinha que todos podem gostar do que quiser.
PERSONAGENS: Nana, Claudinha, Elsa, Peter Parker e Mãe de Nana (voz).
ASSUNTO: Discussão de gênero para crianças
RESUMO: Ao som de músicas do Ventania, dois duendes e uma fada desconstroem o perigo da maconha e discutem a necessidade de deixar a mente viajar.
PERSONAGENS: Dente de Leão, Pedreira e Boboleta
ASSUNTO: Apologia à maconha
RESUMO: Três irmãos e o problema da sexualidade entre familiares em musical. Um dos irmãos é gay e o mais velho não aceita. A caçula e a mãe adoram o novo mundo, o diferente, a liberdade sexual da família. O mais velho conserva o pudor.
PERSONAGENS: Edgar, Leonardo, Angelina, Mãe e Boneca
ASSUNTO: Família/Liberdade sexual
RESUMO: Uma ameaça nuclear acontecendo do lado de fora. Um jantar de verdade em cena em caridade e a confiança na preparação do cozinheiro, o salvador. Será que devemos aceitar e confiar no pensamento do outro por gratidão alimentícia? A cigarra ou a formiga? O trabalho para se colocar comida na mesa ou a arte?
PERSONAGENS: Felício, Denis e Analisa
ASSUNTO: Arte/Trabalho
RESUMO: A luta de classe finalmente chegou ao extremo do pastelão. Playboys versus marginalizados; madames versus mães solteiras; as dores da classe média contra as dores dos miseráveis. Um cientista é contratado para criar o Super Impitman para salvar o Brasil da corrupção e da cor vermelha. Enquanto isso, o Comuna Monster cresceu com a força das injustiças.
PERSONAGENS: Robson, Birú, Lucéia, Andréia Belmonte, Jorge, Ronald, Doutor Nosferatu, Rihana, Ivete, Geisla, Dony, Cop 1, Cop 2 e Repórter
ASSUNTO: Luta de classes
RESUMO: Roma decidiu cortar o seu pênis. ROMA: "O que eu queria? O que eu vou falar que eu queria? Sabe o que eu queria? Eu só queria entrar aqui, desse mesmo jeito, com essa mesma roupa e essa mesma cara peluda e apertar o botãozinho do foda-se pra toda essa merda. De repente eu nasci, aí inventaram que eu posso plantar isso, mas não posso plantar aquilo; que eu posso gostar de azul, mas não posso gostar de rosa; que eu tenho que manter a minha munheca rígida pra ser respeitado nesse mundo redondinho. A munheca rígida e um pau grande. Ser másculo e viril, colocar a mulher de quatro em todas as situações, ajoelhada sobre o meu poder de macho com esse meu músculo pendurado, massageando o meu saco por ser uma simples serva. Sabe o que eu queria? Sabe o que eu queria? Que vocês não tivessem medo dessa vida. Que vocês não tivessem medo do que não compreendem e do que não fazem parte. Eu só queria que os respirantes fossem respeitados, sejam eles branco, preto, azul, verde ou amarelo. Os que tem pinto e os que não tem, os que são frescos e os que não são. Os que são fortes e os que são fracos. Que merda é essa que a gente tá espalhando pro futuro? A gente tá aqui nesse planetinha, rodeado por estrelinhas, em uma galaxiazinha, num possível universozinho dentre tantos outros universozinhos, pra fazer o que da vida?
PERSONAGENS: Roma, Doutor e Judite
ASSUNTO: Gênero/Normatividade
RESUMO: Abadon não era pra ter nascido; o aborto não foi bem sucedido. Sua mãe tem um segredo interestelar sobre sua descendência.
PERSONAGENS: Abadon, Mãe e Ragnarok/Oficial de Justiça
ASSUNTO: Possibilidades do universo
RESUMO: Violência transfóbica vem sempre de um machão de passarinho pequeno. Estudos afirmam que homofobia é homossexualidade incompreendida.
PERSONAGENS: Goto/Gogo e Bela/Belo (dois atores)
ASSUNTO: Homofobia/transfobia
RESUMO: Discussão sobre a importância e/ou a não importância da burocracia e de uma regra geral sobre a arte, de uma autorização governamental para dizer quem é ou não é artista. Amadorismo e profissionalismo, quem tem o cajado divino pra classificar?
PERSONAGENS: ELE (com a participação de duas atrizes e de um ator). 
ASSUNTO: Arte/Artista
RESUMO: Um poeta, um marginal e um militante unidos por um propósito: discutir a crise existencial desse mundo problemático; revolução super heroica é coisa de moleque.
"A crise da juventude abandonada e desesperada. É bonito e digno sofrer pelas injustiças do mundo. Revolução não parece revolução enquanto está na fase da batalha. Terá os que dirão que somos vagabundos, que queremos luxos e conforto sem suar. Terá também os que tentarão nos matar. Terá os que dirão que é perda de tempo porque o mundo já está na merda, que só temos que aceitar as condições. Mas não dá pra dormir em paz. Desenvolvimento de uma nação não é prédios e economia estável. Desenvolvimento de uma nação é bem estar social para os que estão vivos e respirando agora, nesse instante. Todos. Eu e você. Eu, você e ele. Você, ele e eu. Ele, eu e você."
PERSONAGENS: Poeta, Marginal, Militante e Crise
ASSUNTO: Revolução
RESUMO: Novela teatral que discute a liberdade e a disputa por espaço no planeta. A Dona do Sol ficou conhecida por esse nome depois de processar famílias que construíram um edifício em frente ao seu sol de fim de tarde. Considerada fria e egoísta, também é proibida de expôr suas opiniões em uma rádio pirata, seu segundo refúgio em desespero. Depois de muita luta, porém, a Dona decide abrir mão dos seus direitos para não atrapalhar os direitos dos outros. E a busca por espaço continua em outros cantos, em outros assuntos, em outros refúgios.
PERSONAGENS: Dona, Juiz, Advogados, Promotores, Policiais, Júri, Repórteres, Cigana, Famílias e Dona Carla
ASSUNTO: Liberdade e direito ao espaço
RESUMO: Discussão sobre liberdade de expressão em ficção surrealista. Até que ponto podemos zombar da fé do próximo? Até que ponto podemos nos ofender quando riem das nossas verdades? Qual o limite para a experimentação e expressão artística? Qual o limite da dor do ofendido?
PERSONAGENS: Três atores e três atrizes (ou seis artistas)
ASSUNTO: Religião/Sexo/Liberdade de Expressão
RESUMO: Ficção que ilustra a disputa de espaço entre o burguês e o pobre. Todo mundo precisa de um canto nessa terra, mas enquanto uns não tem nada, outros se acham no direito de ter o triplo, mesmo que o espaço esteja apodrecendo. Enquanto uns vêem beleza na flor que nasce no muro frio, outros sentem prazer no ter mais que o outro simplesmente por poder sobre o outro. A morte da inocência é consequência dessa injustiça.
PERSONAGENS: Hahá, Émeu e Passarinha
ASSUNTO: Direito ao espaço/Luta de classes
RESUMO: Uma família nada tradicional, mas com princípios tradicionais. Avó católica cuida do neto e da neta, órfãos. O tio das crianças, irmão da mãe morta, acha que faz a função de pai. A caçula se exibe na webcam para homens mais velhos. O irmão mais velho, que é gay, foi morar sozinho porque não é boa companhia pra irmã, segundo diz o tio moralista que é cheio de segredos.
PERSONAGENS: Luiz Paulo, Marina, Dona Edna e Tio Ju
ASSUNTO: Família/Religião/Hipocrisia
Sinopse: Conspiração eleitoral e romântica de um jovem militante de esquerda.
Tema/descrição: Política/Eleições 2014
Personagens: RENATA, CLAITON, JUDSON, DONA IRENE, MONICA, PÉRICLES, GILBERTO, ROSANA, SARGENTO, MILITARES, CORO: STELA/WANDA/LUIZA/PATRÍCIA, MANIFESTANTES DO LADO A, MANIFESTANTES DO LADO B
Sinopse: Jesus - ou um cara vestido de Jesus - volta ao mundo para tentar entender o que faz duas pessoas que cresceram nas mesmas condições sociais e financeiras tomarem rumos diferentes na vida. Num mundo onde a lei ficou mais rígida com a punição, noventa e nova por cento dos casos criminosos são resolvidos e o povo apoia o "olho por olho, dente por dente". Mas até quando a violência pode ter força até do lado dos que se dizem "de bem"?
Tema/descrição: Direitos Humanos
Personagens: PERSONAGENS: LUCIANO FERREIRA, LUCIANO FERRADO, FAMÍLIA FERREIRA (PAI, MÃE, TIO, TIA, PRIMA, ETC), FAMÍLIA FERRADO (PAI, MÃE, TIO, TIA, PRIMA, ETC), ESPOSA DE LUCIANO FERREIRA, GAROTA, PARTEIROS, POLICIAIS, BANDIDOS, TREINADORES, REPÓRTERES, REPÓRTER A, MÉDICOS, JESUS CRISTO.
Sinopse: As convicções de personagens avulsos se cruzam na realidade; todas as nossas teorias podem ser quebradas com mais experiência ou estudo. Hoje alguém é a favor da pena de morte, amanhã seu filho é o réu. Hoje alguém tem convicção na vida após a morte; depois de morrer, talvez não pense mais nisso.
Tema/descrição: Incertezas/Mentiras/Hipocrisias
PERSONAGENS: GUILE, LEANDRA, EFIGÊNIA, LAIO, IGOR, LETÍCIA e CESARINA.
Sinopse: Cora é uma vadia e será apedrejada em público. Ela só tem medo de ser esquecida. De resto, enquanto as más línguas a apedrejam, as boas a lambem. 
Tema/descrição: Liberdade Sexual
PERSONAGENS: CORA, SAMUEL, GABRIEL, RAFAEL, JACÓ (corifeu) e O POVO (coro)
Sinopse: Histórias e conspirações mentirosas se cruzam num surrealismo novelístico. As mentiras do ser humano escrachadas e discutidas em assuntos como racismo, infidelidade, homossexualidade e um duende. Nunca nada é o que parece. 
Tema/descrição: Mentiras
PERSONAGENS: LAILA, EDUARDO, JOICE, BRENO, BRENO, GUSTAVO, CELSO, CAMILA, ROBERTSON, UM DUENDE, ATRIZ, VOZ.
Sinopse: Um casal esporra hipocrisias e ideologias com bases cristãs em cima do sexo dos outros, envolvendo política e fé.  
Tema/descrição: Sexo/Religião
Personagens: Fagner, Jenyfer e Narrador.
Sinopse: Um pastor de uma igreja evangélica cospe hipocrisias. Uma jovem é atentada pelo demônio apenas por duvidar.
Tema/descrição: Religião/Sexo
Personagens: Pastor Ludivino e Jéssica
Sinopse: Um retiro espiritual para mulheres que querem reverter o tesão. Segredos femininos e desejos reprimidos. Submissão ao caralho.
Tema/descrição: Repressão sexual
Personagens: Vanessa, Andressa, Lícia, Marta, Submissa, Maya, Macho e 3 Homens. 
Sinopse: Assim como sugere o título, o espetáculo fala de cu. Três personagens contam sobre as histórias dos seus. E a censura mais uma vez termina com hipocrisia.
Tema/descrição: Cu
Personagens: Anibal, Marcus, Raimunda e Celso Censura
RESUMO: Murila quer encontrar um amor estrangeiro. Ela se importa com a história do possível companheiro. Ela espera com seu boneco falante e com seu preconceito. Ela olha na cara do indivíduo e vê de onde veio.
PERSONAGENS: Murila, Jaiminho (fantoche), Tio Pasquim, Ferdinando, O Leiteiro
ASSUNTO: Preconceito por nacionalidade
RESUMO: Pai e filho discutem sobre seus direitos no grau parental. Deveres de filhos e deveres de pais. Violência para educar. O resultado de uma opressão que gera a fuga e o destino de vida bem diferente do que o esperado. A culpa é sempre do mais velho, que deveria transmitir responsabilidade e compreensão.
PERSONAGENS: Dudu e Pai
ASSUNTO: Criação/Influências

Nenhum comentário:

Postar um comentário